Blog Le Santé, Saúde

Mamografia digital

12 de março de 2020

A mamografia digital é um dos tipos de radiografia. Essa modalidade utiliza baixas doses de radiação para examinar as mamas. Basicamente é um exame realizado para identificar a detecção precoce de tumores nas mamas, que é quando possuem maiores chances de cura. 

Qual a função da mamografia digital?

A mamografia digital desempenha uma função super importante já que consegue verificar alterações nas mamas até dois anos anos dessas alterações se tornarem palpáveis pelo mastologista ou pela própria paciente. Este rastreamento consiste em localizar foco de tumores mesmo antes da paciente não ter nenhum sintoma. 

Quando devo fazer a mamografia?

A recomendação é que mulheres acima dos 40 anos realizem a mamografia anualmente. Mulheres que já tiveram câncer de mama anteriormente ou que possuem casos de câncer de mama na família, devem procurar um médico especialista para saber se precisam realizar a mamografia antes dos 40 anos e com qual frequência deve ser realizado o exame. Em alguns casos pode ser necessário iniciar o exame anual de mamografia antes dos 40 anos. 

Além de detectar tumores precoces, a mamografia pode auxiliar na investigação de nódulos, inchaço, secreções pelos mamilos, entre outros casos. 

Como é feito o exame?

Para realizar o exame, o técnico irá posicionar e comprimir as mamas numa espécie de placa, essa compressão faz com que as imagens apareçam com maior nitidez. Algumas mulheres podem ter os seios mais sensíveis, o que pode causar um desconforto que será mantido durante alguns segundos já que o tempo necessário para a imagem da mama ser capturada. 

Qual o tempo médio da realização do exame?

Todo o procedimento do exame tem duração de aproximadamente 15 minutos. Em alguns casos, a paciente pode ser chamada novamente para refazer o exame mas isso não significa que foi encontrado alguma alteração na mama. Algumas vezes, isso apenas indica que o técnico não conseguiu observar com nitidez suficiente alguma região da mama, o que pode ser causado pelo movimento da paciente na hora da realização do exame ou a falta de compressão suficiente (no caso de pacientes sensíveis). Na maioria das vezes, as imagens adicionais são apenas para confirmar que não há nada errado e que o resultado foi normal. 

Cerca de 5% das mamografias requerem alguma complementação que podem ser: 

  • Imagens adicionais; 
  • Ultrassonografia de mamas; 
  • Ressonância nuclear magnética. 

Em todo caso, as mulheres acima de 40 anos devem se submeter a mamografia anualmente ou de acordo com as instruções médicas. É importante que todas as mulheres realizem os exames para verificar a saúde das mamas, inclusive as que possuem prótese de silicone. 

Contudo, o câncer de mama ou algum tumor maligno, quando identificado em fase inicial, tem maiores chances de cura.

Conheça alguns agentes causadores do câncer para que sejam evitados.

Fonte: Instituto Vencer O Câncer

No Comments

Leave a Reply